Enem: gabaritos saem na quarta e resultado final no dia 19 de janeiro

Fonte: Agência Brasil

Os estudantes terão acesso ao resultado final do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no dia 19 de janeiro. No resultado,  poderão saber quanto tiraram em cada uma das quatro provas realizadas neste final de semana: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Também terão acesso à nota da redação, cuja tema foi a intolerância religiosa no Brasil. O gabarito será divulgado na quarta-feira (9), de manhã, no portal do Inep. O anúncio foi feito hoje (6) em coletiva de imprensa após o término do exame.

Teoria da Resposta ao Item

Mesmo com o gabarito em mãos, os candidatos não conseguirão saber a nota que tiraram porque o sistema de correção do Enem usa a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que não estabelece previamente um valor fixo para cada item. O valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que teve grande número de acertos será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. O estudante que acertar uma questão com alto índice de erros, por exemplo, ganhará mais pontos por aquele item. Dessa forma, o candidato só saberá a sua nota nas provas objetivas após a divulgação do resultado final, em janeiro.

Neste final de semana, mais de 8 milhões de candidatos fizeram o Enem em todo o país. As notas da prova podem ser usadas para pleitear vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, os candidatos com mais de 18 anos podem usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.

Notas do Enem 2015 vão ser divulgadas pelo Inep nesta sexta

Fonte: G1

Candidatos usarão notas na disputa por vagas em universidades públicas.
Resultado também é usado pelo Fies, Prouni e Ciência Sem Fronteiras.

As notas do Enem 2015 (Exame Nacional do Ensino Médio) serão divulgadas nesta sexta-feira (8) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Cada um dos 5,7 milhões de candidatos poderá conferir seu desempenho no site da instituição. Basta utilizar o número de inscrição e a senha.

O resultado será utilizado na disputa por vagas em universidades públicas: já na segunda-feira o Ministério da Educação (MEC) abre a primeira edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em 2016. Serão 228 mil vagas em 131 instituições públicas de ensino superior, que já podem ser pesquisadas no site do Sisu. Além das vagas do Sisu, programas federais de bolsa de estudos (Prouni) e de financiamento exigem nota (Fies) mínima no Enem.

Os alunos poderão conferir apenas as notas das provas das quatro áreas de conhecimento e da redação. Uma decisão da Justiça Federal determina que o espelho da redação seja divulgado, mas o Inep ainda tem prazo para recorrer. O texto digitalizado e os apontamentos dos avaliadores será divulgado em até 60 dias, conforme o órgão ligado ao MEC.

Leia Mais

Inscrições para o Sisu 2016 começam no dia 11 de janeiro

Fonte: G1 Educação

Prazo vai até o dia 14 de janeiro.
Notas do Enem saem no dia 8 de janeiro

As inscrições para a primeira edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2016 começam no dia 11 de janeiro de 2016 e vão até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 14 de janeiro. O edital foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (30).

Para concorrer às vagas disponibilizadas pelo Sisu, o candidato deverá acessar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 que será disponibilizada pelo Ministério da Educação no dia 8 de janeiro.

O estudante pode se inscrever em até duas opções de vaga. O resultado da chamada regular será divulgado no dia 18 de janeiro na página do Sisu e nas instituições de ensino superior. As matrículas ocorrem nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Assim como na edição anterior, só haverá uma chamada.

Entre os dias 18 de janeiro e 29 de janeiro os candidatos que não foram convocados para sua primeira opção podem manifestar interesse em aderir a lista de espera. Caso sobrem vagas, as instituições poderão convocar os alunos da lista.

Pelo Sisu, os candidatos que fizeram o Enem disputam vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.

Justiça decide que espelho da redação do Enem saia junto com nota

Inep ainda não foi notificado, mas já informou que vai recorrer.
Espelho é divulgado sempre meses depois da nota para ‘fins pedagógicos.’

Fonte: G1 Educação

A Justiça decidiu que o espelho da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 deve ser disponibilizado junto com as notas individuais de cada candidato, previstas para o início de janeiro 2016. A decisão, com abrangência nacional, é da 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). O julgamento foi realizado na quarta-feira (2).

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que ainda não foi notificado, mas vai recorrer da decisão.

O Inep costuma divulgar o espelho de correção da redação meses depois da disponibilização da nota obtida pelo candidato. Segundo o TRF, como a nota do Enem pode ser utilizada para participar de diversos programas educacionais, o objetivo do pedido é garantir aos candidatos tempo hábil de solicitar a correção de eventual equívoco ou irregularidade.

Em nota, o Inep afirmou que o espelho da redação do Enem é disponibilizado com “fins pedagógicos” e que o processo de correção é seguro. “O texto é avaliado por dois corretores independentes. Se houver discrepância acima de 100 pontos entre as notas dos dois corretores, a redação é submetida ao crivo de um terceiro corretor. Caso permaneça a diferença, a redação fica a cargo de uma banca de três especialistas”, diz o texto.

4,5 mil fazem provas do Enem em Taió e Rio do Sul nesta semana

Fonte: G1

Estudantes de municípios atingidos pela enchente no mês de outubro no Vale do Itajaí fazem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) nesta terça (1º) e quarta-feira (2). Ao todo, são 4.542 candidatos: 3.618 farão do exame em Rio do Sul e 924 em Taió.

A abertura dos portões será às 12h e o fechamento, às 13h, com início da prova às 13h30. Nesta terça, os participantes terão 4h30 para responder 45 questões de ciências humanas e outras 45 de ciências da natureza.

Na quarta, os candidatos terão 5h30 para responder 45 questões de linguagens, 45 de matemática e elaborar a redação. O exame é considerado uma importante entrada para cursos superiores em universidades públicas.

Chuva

Os candidatos de Taió e Rio do Sul não puderam fazer a prova em 24 e 25 de outubro como os estudantes de outras regiões do país, por causa das chuvas que causaram estragos em 31 municípios de Santa Catarina e afetaram 4,3 mil catarinenses.

As chuvas deixaram famílias isoladas e locais de prova debaixo d’água. “Eu estava ilhada. Estávamos prejudicados tanto física quanto emocionalmente para prestar a prova”, conta a estudante Alícia Karina Will, de 17 anos, que fará a prova em Rio do Sul.

No último dia de prova, em 25 de outubro, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, falou sobre a nova prova nestas cidades. “Os organizadores do Inep consideram que nesses casos foi necessário suspender a prova. Será feita uma nova prova, no mesmo grau de dificuldade, com as mesmas regras de editais. O nível de uma prova para outra será o mesmo”, afirmou Mercadante.

Perto do término do ano letivo, Fies ainda tem 22 mil vagas ociosas

Fonte: O Globo

Novas regras e juros maiores podem ser as causas da procura menor pelo financiamento

Brasília – A menos de um mês do fim do ano letivo, 22.140 das 61.500 vagas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) abertas para o segundo semestre de 2015 ainda não foram preenchidas. O número corresponde a 36% do total. Um dos principais entraves tem sido as regras adotadas na última seleção do programa: nota igual ou maior a 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e renda de até 2,5 salários mínimos per capita dentro de casa. O problema é que muitos estudantes que apresentaram bom desempenho têm ganhos familiares maiores que o teto estipulado no edital. Além disso, a taxa de juros cobrada dos estudantes subiu de 3,4% para 6,5% ao ano.

Até a seleção do primeiro semestre deste ano, o Fies não exigia pontuação mínima no Enem e o limite de renda familiar era de 20 salários mínimos. Hoje, os estudantes também passaram a ser escolhidos de acordo com a nota — antes, a inclusão no Fies era feita por livre demanda. O governo federal informou que vem estudando as razões para a ociosidade das vagas com o objetivo de aperfeiçoar o próximo edital (do primeiro semestre de 2016). Mas, por enquanto, não cogita modificar as regras do programa.

Por meio de uma nota, o Ministério da Educação ressaltou que “o processo seletivo referente ao Fies no segundo semestre ainda está em curso e as instituições podem convocar os estudantes em lista de espera para assinar os contratos até o final do ano”. De acordo com o órgão, se for comprovado que o aluno cursou todo o semestre antes de conseguir formalizar o contrato, o governo honrará os gastos.

Continue Lendo “Perto do término do ano letivo, Fies ainda tem 22 mil vagas ociosas”

A segunda maior prova de acesso ao ensino superior do mundo

Fonte: Ministério da Educação

Nos dias 24 e 25 de outubro, 7.746.118 participantes farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a segunda maior prova de acesso ao ensino superior do mundo, atrás somente do exame gaokao, realizado na China, que em 2015 superou os 9 milhões de inscritos. Diferente do Enem, que pode ser prestado várias vezes, no exame chinês os estudantes tem apenas uma chance de acesso à educação superior.
Entre os participantes do Enem, 4.458.265, ou cerca de 57,5%, são mulheres, enquanto 3.287.853 são homens. A maioria desses candidatos se declarou parda, 45,5%, ou mais de 3,5 milhões; outros 2,8 milhões se declararam brancos e 983 mil, negros.
O Sudeste é a região com maior número de inscritos, 2,8 milhões, seguido pelo Nordeste com 2,4 milhões, Sul (915 mil), Norte (817 mil) e Centro-Oeste (702 mil). A edição 2015 é a primeira vez de 2.525.080 participantes; outros 5.221.038 repetem o exame.
Além da vaga na educação superior e em programas do Governo Federal, 867.968 participantes do Enem buscam a Certificação do Ensino Médio.
Continue Lendo “A segunda maior prova de acesso ao ensino superior do mundo”