MEC divulga conteúdos que vão cair no Enade

Fonte: O Estado de S. Paulo

Os estudantes terão quatro horas para responder a 40 questões, cinco delas discursivas

Brasília – Os conteúdos que caem nas provas do Enade foram publicados nesta quinta-feira, 9, no Diário Oficial da União (DOU). Neste ano, a prova será aplicada em 20 de novembro. Serão avaliados 13 cursos de graduação e 5 cursos tecnólogos, a maioria da área da Saúde.

O Enade busca analisar a competência dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e aptidões previstos nas diretrizes curriculares dos cursos, além de conhecimentos sobre a realidade brasileira e mundial. Serão quatro horas de prova para responder a 40 questões, das quais 5 são discursivas.

As normas foram definidas pelas comissões assessoras da área, orientadas pelas diretrizes curriculares. “Seus resultados devem oferecer subsídios para orientação de políticas públicas das áreas”, disse a presidente do Inep, Maria Inês Fini, que assina as portarias no DOU.

Os conhecimentos específicos de cada área serão cobrados em 30 questões – 3 discursivas e 27 de múltipla escolha. Na área de formação geral, comum para todos os cursos, será avaliado o perfil do egresso sobre questões sociais, culturais, ambientais e de cidadania, em 10 questões (2 discursivas e 8 de múltipla escolha).

A participação é obrigatória para formandos em Agronomia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Zootecnia e Serviço Social. Devem prestar o exame aqueles com expectativa de conclusão para julho de 2017 e que já tenham concluído pelo menos 80% da carga horária mínima do currículo do curso.

Também devem fazer o exame concluintes dos cursos tecnólogos em Agronegócio, Estética e Cosmética, Gestão Ambiental, Gestão Hospitalar e Radiologia, com previsão de formatura para dezembro deste ano e que tenham cumprido mais de 75% da carga horária mínima do currículo do curso.

As instituições de Ensino Superior são as responsáveis por inscrever os estudantes habilitados no prazo que vai de 6 de julho a 7 de agosto. São dispensados da prova os que estiverem em intercâmbio estudantil, oficialmente matriculados e cursando atividades curriculares fora do Brasil.

Criado em 2004, o Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que conta ainda com o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC). As instituições que obtêm notas insatisfatórias correm o risco de terem cursos fechados e vestibulares suspensos pelo MEC.

Anúncios

MEC divulga lista de cursos que serão avaliados no Enade 2016

Fonte: G1

Prova será aplicada no dia 20 de novembro. Alunos concluintes devem prestar o exame.

O Ministério da Educação divulgou nesta quinta (10) a relação de cursos que serão avaliados no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) em 2016. Deverão prestar a prova os alunos dos cursos de agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social e zooctenia. Cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de agronegócio, estética e cosmética, gestão ambiental, gestão hospitalar e radiologia também estão na lista.

O exame será aplicado, de acordo com a publicação no Diário Oficial, no dia 20 de novembro, a partir das 13 horas. A prova é voltada para alunos que estão no fim dos cursos listados acima. Mais precisamente, necessitam participar:

– todos os alunos concluintes dos cursos, que terminarão a gradução até julho de 2017 ou que tenham cumprido 80% ou mais da carga horária mínima até o dia 31 de agosto de 2016;

– estudantes concluintes dos cursos superiores de tecnologia, que encerrarão os estudos até dezembro de 2016 ou que tenham cumprido 75% ou mais da carga horária até o dia 31 de agosto de 2016.

As inscrições para o Enade são feitas pelas instituições de ensino, entre 15 e 29 de junho de 2016.

De acordo com o MEC, os estudantes que estiverem cursando atividades curriculares no exterior, na data do Enade, estarão dispensados da prova. Aqueles que colarem grau até o dia 31 de agosto de 2016 também não vão precisar prestar o exame. Os demais que não puderem participar do Enade e que estejam nas categorias obrigatórias são obrigados a solicitar dispensa.

Inep publica notas do Enade 2014

Fonte: Agência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou na edição de hoje (22) do Diário Oficial da União as notas dos cursos superiores no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2014. O objetivo do exame é avaliar o conhecimento dos estudantes do último ano dos cursos de graduação sobre o conteúdo programático, suas habilidades e competências.

O resultado é usado para compor índices que medem a qualidade de cursos e instituições de ensino superior. Os estudantes devem fazer o Enade para obter o diploma, no entanto, não existe um desempenho obrigatório aos alunos.

Na última sexta-feira (18), o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou que o exame passará por um processo de aprimoramento em 2016. Entre as novidades está a inserção da nota do exame no currículo do aluno, de forma que possa contar como critério para acesso à pós-graduação.

Outra mudança para o ano que vem é a implantação do Enade Digital, para a aplicação da prova, e um mecanismo de avaliação mais preciso do desempenho da instituição na formação dos alunos. Serão incorporadas à nota final a taxa de desistência (estudantes que abandonaram o curso) e a evolução de desempenho, que compara a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de ingresso na instituição, com a do Enade, na conclusão do curso.

Acesse aqui a lista com as notas do Enade 2014, publicada no Diário Oficial da União.

Enade será online, anual e contará para acesso a pós-graduação

Fonte: O Estado de S. Paulo

Mudanças no exame aplicado no ensino superior têm objetivo de diminuir abstenção; Mercadante diz que prova digital trará economia

Brasília – A aplicação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) será digital e anual, para todas as instituições e cursos, anunciou o Ministério da Educação (MEC) na manhã desta sexta-feira, 18. Concluintes de algumas áreas poderão fazer a prova online já a partir de 2016.

Com a mudança, a nota do aluno na prova será incluída no histórico escolar e considerada um quesito de admissão em cursos de pós-graduação. A medida tem o objetivo de diminuir os índices de abstenção.

Em 2014, por exemplo, dos 481,7 mil concluintes de 9.963 cursos, mais de 84 mil não foram fazer a prova. “Diferentemente do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), em que é a vida do aluno que está em jogo – ele pula o muro, chora se chega atrasado -, no Enade é a qualidade da instituição. O estudante já está com a cabeça no mercado de trabalho, e acaba não participando”, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Já que não exige a impressão do exame em papel e o pagamento de funcionários, a prova online trará “economia significativa” ao orçamento do MEC, afirmou, sem especificar o quanto. Além disso, será “mais rica em recursos”.

Mercadante exemplificou que, no caso dos cursos de Música, será possível utilizar vídeos e sons nos enunciados das questões.

O conceito Enade será calculado sob um novo método. Serão levados em conta aspectos como a trajetória acadêmica do aluno e as taxas de desistência. Outra proposta do MEC é associar as notas do Enem e do Enade. “Se um aluno entra com nota 1 e sai com nota 4, significa que a universidade fez um bom trabalho. Isso deve ser valorizado”, afirmou o ministro

Estudantes que não fizeram o Enade 2015 devem pedir dispensa

Fonte: G1 Educação

Prazo começa no dia 18 de dezembro.
Prova é obrigatória para obtenção do diploma no ensino superior.

Os estudantes habilitados ao Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade 2015) que não fizeram a prova no dia 22 de novembro, devem pedir dispensa pelo portal do Inep. O prazo começa no dia 18 de dezembro e vai até 29 de janeiro de 2016. A portaria do Ministério da Educação foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (7).

A  relação de  estudantes dispensados será divulgada pelo Inep até o dia 22 de março de 2016.

São critérios para o deferimento de dispensa: acidente e assalto no dia do exame (com apresentação do boletim de ocorrência); casamento ocorrido até nove dias antes da prova (com apresentação da certidão); luto em até oito dia antes (com apresentação da certidão de óbito); atestado médico que especifique necessidade de repouso; licença maternidade ou paternidade; ou ainda, por conta do trabalho, mediante uma declaração do empregador.

O Enade avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, e é obrigatório para obtenção do diploma. A prova é aplicada, no máximo, a cada três anos para cada área do conhecimento.

Mais de 551 mil estudantes fazem provas do Enade

Fonte: UOL Educação

Domingo, 22 de novembro

Mais de 551 mil estudantes de educação superior, matriculados em 1.760 instituições, devem fazer hoje as provas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), segundo informações do Ministério da Educação.

As provas, com quatro horas de duração, terão início às 13 horas. Os portões serão abertos às 12 horas. O participante terá permissão para deixar a sala com o caderno de questões somente três horas após o início do exame.

O Enade foi criado em 2004 e integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O objetivo é aferir o rendimento dos estudantes dos cursos de graduação em relação ao conteúdo programático, suas habilidades e competências, de acordo com o ministério.

Confirmação de inscrições para o Enade encerram nesta sexta (21)

Fonte: correiobraziliense.com.br

Os alunos selecionados para o Exame Nacional do Desempenho dos Estudantes (Enade) podem checar e confirmar seus dados até esta sexta-feira (21). Caso haja divergência de dados, os inscritos devem procurar as instituições de ensino para providenciar retificações.

O exame, que substitui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), avalia o rendimento dos alunos de graduação, bem como as habilidades e competência dos cursos. O Enade é obrigatório para os selecionados, pois é condição indispensável para a emissão do histórico escolar.
Continue Lendo “Confirmação de inscrições para o Enade encerram nesta sexta (21)”