VII Conversa com o autor: PROGRAMA EDUCACIONAL ESPECIALIZADO PARA CAPACITAÇÃO E INCLUSÃO NO TRABALHO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

5 FOLDER ELETRONICO-1

Anúncios

Inscrições Abertas – Educação: Construção da Identidade, Inclusão Social e Conquista da Cidadania

IV Conversa com o Autor acontece nessa tarde, na Fundação Cesgranrio, com Maria Judith Sucupira da Costa Lins

 

Conversa com o autor – Ana Ivenicki

A aplicação de métodos de pesquisa multicultural na avaliação do Plano Nacional de Educação foi o tema da terceira “Conversa com o autor”, promovida no dia 19 de maio pela equipe de Projetos Especiais da Fundação Cesgranrio, responsável pela Revista Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação.

O encontro teve como palestrante a professora Ana Ivenicki, autora de diversos artigos publicados na Ensaio. Ana abordou o trabalho vem desenvolvendo por ela nos últimos anos, argumentando que a valorização da diversidade cultural e suas respostas nas áreas de conhecimento, na pesquisa e na avaliação podem representar caminhos inovadores para a Educação e para a formação de professores, em perspectivas transformadoras. Em seguida, a docente comentou seus desdobramentos na análise e na Avaliação de Políticas Públicas, com especial ênfase sobre o Plano Nacional de Educação (PNE-2011-2021), assim como a sua relevância para processos de pesquisa educacional e de formação docente. Por fim, ela analisou potenciais e perspectivas de desenvolvimento futuros do pensamento multicultural na educação.

Ana Ivenicki é PhD em Educação pela University of Glasgow. Tem Mestrado em Educação pelo Departamento de Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente, é Professora Associada da Faculdade de Educação da UFRJ. Possui inúmeras publicações em periódicos nacionais e internacionais, bem como livros publicados/organizados e vários trabalhos em anais de eventos. Tem sido Palestrante/Conferencista convidada em diversas instituições. Desenvolve pesquisas em Multiculturalismo e Formação de Professores, tendo especial interesse nas áreas de Educação Comparada, Avaliação da Aprendizagem e Avaliação Institucional. Em 2013, foi agraciada com o prêmio Cora Coralina pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd) e a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI), por sua contribuição à Educação com Inclusão Social.

Por Clarissa Macedo

 

Revista Ensaio lança “Conversa com autor” com a professora Rosa Torte

Por Clarissa Macedo

A equipe de Projetos Especiais, responsável pela edição da Revista Ensaio, iniciou, no dia 9 de março, um novo projeto, chamado “Conversa com o autor”, com a professora Rosa Torte, que atua no projeto social “Apostando no Futuro”, da Fundação Cesgranrio.

Rosa possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Nova Iguaçu (1975) e mestrado em Educação pela Universidade Salgado de Oliveira (2000) e doutorado em Política Educativa pela Universidade do Minho, em Portugal (2015). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Planejamento e Avaliação Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação, projetos sociais, integração escola-comunidade, educação de jovens e adultos, inclusão social, diversidade e editoração científica.

Na ocasião, a docente falou sobre sua tese de doutorado, que abordou a importância de programas de Alfabetização de Jovens e Adultos no Rio de Janeiro e seu significado para a inclusão social dessa população a partir de aspectos relevantes relacionados com os protagonistas deste processo, como alunos, professores, coordenadores, gestores e especialistas. Ela iniciou a palestra um poema de sua própria autoria sobre o valor desses programas, que foi muito apreciado pelo público:

– A inclusão social tão proposta ultimamente, / Só poderá ir em frente com a alfabetização. / Pessoas esclarecidas: Cidadania, autoestima / Cuidados, preservação, se farão muito presentes. O que está faltando, então? – dizia a última estrofe.

Rosa discorreu sobre sua tese, apontando conceitos, questões norteadoras, dados pesquisados – como a legislação e o histórico de programas de alfabetização de jovens e adultos no país –, a metodologia de pesquisa e os resultados encontrados em suas análises. Ela reforçou que a alfabetização, mais do que favorecer a educação, é um instrumento para o fortalecimento da cidadania e da inclusão dessas pessoas, bem como para melhoria da qualidade de vida. Segundo a docente, a intenção de sua pesquisa é levantar os problemas e propor soluções sobre ações com tal enfoque:

– Espera-se que a presente Tese possa gerar contribuições para equacionar as questões cruciais que emperram a Alfabetização de Jovens e Adultos – encerrou ela.

Segundo a professora Fátima Cunha, gestora da equipe de Projetos Especiais e editora da Revista Ensaio, a “Conversa com o autor” vai estimular o debate dos temas abordados na publicação:

– Uma tarde por mês, um autor será convidado para conversar com um grupo de leitores sobre seu artigo publicado na Ensaio. O encontro visa a contribuir para o debate, sanar dúvidas e discutir propostas, a partir da reflexão do artigo – disse a educadora.