Mecanismo ajuda a avaliar impacto de soluções educacionais

Fonte: CM News

Uma das grandes dificuldades enfrentada por negócios de impacto social em educação é colher evidências sobre o efeito do seu trabalho. Como saber se as soluções propostas apresentam resultados efetivos em redes, escolas, educadores e até mesmo nos estudantes? Para auxiliar empreendedores e investidores, o Inspirare, em parceria com o Plano CDE e a Move Social, desenvolveu um material que traz orientações e sugestões que apoiam quem pretende dar o primeiro passo na mensuração dos resultados.

Disponível na plataforma Apreender, que reúne referências e recursos capazes de apoiar os empreendedores em diferentes etapas do negócio, o mecanismo foi lançado hoje (13), durante o Seminário Social Good Brasil 2015: Crowd2crowd  Inovação De Muitos Para Muitos, em Florianópolis (SC).

A partir da realização de workshops com negócios de impacto social e da revisão de avaliações nacionais e internacionais em educação, foi criado um conjunto de referências para auxiliar na avaliação do impacto de soluções educacionais na aprendizagem, que consideram as dimensões: desenvolvimento integral, engajamento, práticas pedagógicas e gestão.

Ao selecionar cada dimensão, são encontradas explicações conceituais, sugestões de indicadores, perguntas avaliativas e escalas. Também é possível consultar as referências que inspiraram os questionários, incluindo fontes como INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Move Social, Plano CDE, PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes), OCDE, entre outras.

O material tem o objetivo de apoiar empreendedores e investidores no desafio de levantar evidências do impacto de soluções educacionais. Especialmente para os negócios de impacto social, acredito que as orientações, o cardápio de indicadores e de questões sugeridas no material podem impulsionar um movimento interessante e necessário no setor, afirma Ana Flávia Castro, gestora do Programa Iniciativas Empreendedoras do Instituto Inspirare.

Não adianta fazer algo sem medir se aquele serviço ou produto está fazendo a diferença e impactando na vida das pessoas.

Se um empreendedor desenvolveu um aplicativo para ajudar no processo de ensino-aprendizagem de português ou matemática, por exemplo, ao consultar o material ele consegue encontrar indicadores específicos para obter informações mais qualificadas sobre o impacto do uso de tecnologias em estratégias e atividades pedagógicas. O mecanismo já foi testado pelo Catraca Livre para avaliar o impacto da notícia em leitores que acessam o site, considerando a dimensão cultural que está presente em alguns dos indicadores.

Trata-se de entender as transformações que essas soluções geram nos seus usuários finais, na escola, em redes de ensino, além de ser um mecanismo para apoiar o desenvolvimento de estratégias e a tomada de decisão, explica Castro.

De acordo com um mapeamento realizado pela ANDE (Aspen Network of Development Entrepreneurs), em parceria com LGT VP, Quintessa Partners e Universidade de St. Gallen, que ouviu investidores nacionais e internacionais, o impacto social é um dos principais critérios considerados na seleção de investimentos em negócios de impacto no Brasil.

Para Kim Machlup, sócia da MOV Investimentos, a mensuração é importante para que investidores possam avaliar o impacto efetivo gerado por uma iniciativa. Não adianta fazer algo sem medir se aquele serviço ou produto está fazendo a diferença e impactando na vida das pessoas, afirma.

O material para auxiliar na avaliação do impacto social de negócios em educação pode ser acessado em http://apreender.org.br/indicadores-de-impacto. Além do conjunto de referências, os empreendedores também encontram passos que ajudam a estruturar a sua avaliação, como o alinhamento inicial, foco, desenho, coleta de dados, análise e comunicação dos resultados. Todo o material é aberto, permitindo ser aprimorado ou complementado por qualquer interessado.

Anúncios

Autor: Revista Ensaio

A Revista "Ensaio", de nível internacional, constitui fonte de estudo e de pesquisa para todos os que se interessam pela área de avaliação e políticas públicas em educação. Publicação trimestral internacional, da FUNDAÇÃO CESGRANRIO, com tiragem de 1.500 exemplares, de distribuição gratuita, Ensaio congrega, em seus Conselhos Editorial e Consultivo, educadores internacionais de notório saber, mestres e doutores nas áreas por ela abordadas, para melhor atender à sua especificidade. Avaliada no qualis CAPES como sendo A1 na área de Educação, a Ensaio é uma revista que discute a realidade da educação brasileira, além disso, prima pela amplicação do debate pois abre espaço para que pesquisadores estrangeiros publiquem estudos sobre a realidade educacional de seus países. Trata-se de um veículo de divulgação de pesquisas, levantamentos, estudos, discussões e outros trabalhos críticos no campo da educação, concentrando-se nas questões da avaliação educacional e das políticas públicas em Educação, enfatizando as experiências e perspectivas brasileiras. Ensaio é pluralista do ponto de vista das ideias e das escolas de pensamento, interdisciplinar do ponto de vista das preocupações e metodologias empregadas por seus colaboradores. A revista promove intercâmbio com países da América Latina, México, Espanha, Portugal e a Comunidade de Língua Portuguesa, mantendo também a publicação de artigos em Espanhol e em Inglês. Ensaio tem sido contemplada com o apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da CAPES/MEC, cumprindo os requisitos necessários para o recebimento de auxílio editoração. Recebeu conceito internacional "A1" na avaliação dos Periódicos Científicos em Educação realizada, em 2013, pelo Quallis/CNPq e é indexada no SciELO - Scientific Eletronic Library Online e na CLASE - Citas Latinoamericanas em Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM), BBE, DOAJ, Educ@, OEI, EDUBASE, LATINDEX, REDALYC, SIBE, SCOPUS. Buscando se modernizar e atender aos novos padrões das revistas acadêmicas de excelência, a partir de 2015 a revista Ensaio adotou o sistema de submissão de artigos totalmente online. Para acessar o sistema, os autores deverão se cadastrar no site da revista e escolher um login e senha. Com estes dados em mãos, poderão não só submeter os seus artigos, mas também acompanhar todo o processo de avaliação: http://revistas.cesgranrio.org.br/ A Ensaio também adotou o ahead of print. Esta modalidade agiliza a divulgação das pesquisas, aumentando o tempo de exposição dos artigos, beneficiando diretamente nossos leitores e autores. Os artigos publicados em AOP contam com DOI e ficam disponíveis tanto no nosso site, quanto no site do Scielo até serem destinados a um número específico. Informamos também que a Ensaio continua existindo nos dois formatos, o impresso e o online, e com a mesma periodicidade. A qualidade continua sendo importante para a Ensaio e as melhorias feitas visam contribuir para o objetivo maior do periódico: a ampliação do debate sobre a Educação em tempos difíceis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s